• teatroescola2020

Conteúdo do Festival Educarte continua disponível gratuitamente para interessados



A primeira edição do Festival Educarte: Conexão, Educação e Arte aconteceu em multiplataformas online (Youtube e Instagram), o evento gratuito reuniu artistas e especialistas em temáticas negras, indígenas e de gênero e sexualidade, em uma série de debates na rede durante vários dias.

A proposta de incentivar o pensamento crítico entre os alunos e público interessado, trouxe diversas discussões e gerou um conteúdo qualificado que continua disponível para quem quiser rever ou assistir pela primeira vez, caso tenha perdido alguma das transmissões.


O Teatroescola continua planejando produzir novos conteúdos online para contribuir com a formação de pensamento critico tanto dos alunos quanto da sociedade, uma vez que o todo o conteúdo online ficará disponível gratuitamente. Para acompanhar as próximas produções, basta inscrever-se no canal do Youtube e ativar o sininho 🔔, para ser notificado sempre que um novo vídeo for publicado.


Temas Apresentados

LITERATURA À FLOR DA PELE: INQUIETAÇÕES E EXPERIMENTAÇÕES POÉTICAS;

MÚSICA REGIONAL BAIANA;

POLÍTICAS CULTURAIS COM EDUARDO SARON;

RODA DE CONVERSA - AFROEMPREENDEDORISMO;

INCLUSÃO NAS ARTES: O ENSINO DE LIBRAS NO TEATROESCOLA;

OCUPAÇÃO TEATROESCOLA ;

SEXUALIDADE E GÊNERO;

A QUESTÃO INDÍGENA NO BRASIL;

ENCONTRO COM TEATRO DE FRANTZ FANON;

INTERSECCIONALIZANDO CORPOS;

MUSICALIDADE  BRASILEIRA: REPRESENTATIVIDADE DA MULHER NEGRA NA MUSICALIDADE POPULAR BRASILEIRA;

GASTRONOMIA EM PAUTA - PROCESSO CULTURAL E IDENTITÁRIO;

CULTURA EM PAUTA - A CONDIÇÃO DA MULHER NEGRA NA MÍDIA E NO TEATRO;

A IMPORTÂNCIA DOS SABERES AFRICANOS NA DESCOLONIZAÇÃO DO CORPO NEGRO;

RACISMO AMBIENTAL;

Lançamento do Livro "Pesquisas da Educação Básica: Germinando Ações e Saberes nas Escolas Públicas Periféricas (disponível para download aqui)


Sobre o Festival

O diretor do projeto, Nell Araújo, explica a proposta: “A ideia do Festival nasceu da vontade de apresentar um conteúdo qualificado para nossos alunos, em um momento em que o isolamento social ainda é necessário e por isso não estamos com aulas presenciais. A ideia cresceu e temos nomes muito importantes no debate cultural e social do país. Estamos estruturando uma programação rica de conteúdo e totalmente gratuita, que será aberta para qualquer um que tenha interesse nos assuntos”.

O evento abriu a programação do Laboratório Virtual de Arte e Cultura do Teatroescola, programa que vai disponibilizar cursos formativos nos âmbitos cultural e artístico a partir de setembro para alunos do projeto com parte das vagas destinadas para público em geral.