• teatroescola2020

TeatroEscola lança o Núcleo Estudantil

Texto: Ana Moyo

A cidadania deve ser cultivada desde cedo para se ter uma democracia saudável com a participação da sociedade. Uma forma de os jovens participarem é através do núcleo estudantil, entidade que representa todos os estudantes dentro de uma instituição. Seu papel é pesquisar, argumentar, deliberar e lutar pelos interesses do corpo discente na escola, pela qualidade do ensino e a saúde da escola, o que se reflete no crescimento e caráter verdadeiramente público desta instituição.

Oficialmente, pela primeira vez, desde o seu início em 2018, o projeto Teatroescola — escola artística integrada com estudos da cultura afro-brasileira e indígena para jovens afrodescendentes — está incluindo um núcleo estudantil na sua grade institucional.

Sobre o Núcleo Estudantil

O Núcleo Estudantil é formado por um grupo de discentes da escola, que é acompanhado pelos setores de Comunicação, Projetos, pelo Psicossocial e pela Coordenação Geral. Ter uma coordenação geral é a peça chave para todo o desenvolvimento do departamento, pois se encarrega em definir normas e procedimentos de atuação para melhor atender as necessidades existentes, não apenas como também, ser o porta-voz das demandas e pautas que surgirem.

Um setor de comunicação ao lado da instituição, os estudantes poderão alcançar com mais facilidade informações internas e externas, podendo expor suas opiniões, anseios e dúvidas, assim, haverá uma melhoria na comunicação entre escola e aluno. “Eu estou muito feliz em fazer parte dessa novidade do Teatroescola e está podendo criar e ajudar no seu progresso. Me comprometo em me dedicar da melhor forma, para ajudar os estudantes nessa comunicação e informação”, conta Ana Moyo, editora do setor de comunicação.

Participar de um núcleo estudantil não é uma tarefa fácil, requer muita responsabilidade e dedicação, mas seu resultado será de muito aprendizado e experiência para o futuro. “Eu espero estar mais em contato com os processos de gestão da escola e dos eventos, para expandir horizontes e ter novas experiências além do meu trabalho.”, diz Isabel Ramos, fotógrafa. Na escola, as principais causas que geram a evasão escolar são dificuldades socioeconômicas, de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e transtornos emocionais, por esse, e outros motivos, que afetam ativamente o progresso dos estudantes, o setor psicossocial estará a frente mapeando e buscando soluções, junto ao Núcleo Pedagógico. “O departamento estudantil vem com um propósito muito lindo e necessário para os estudantes do T.E, iremos desenvolver atividades que irão auxiliar nas demandas dos estudantes e que eles saibam que podem contar com a gente” cita Larissa Lemos, coordenadora do setor psicossocial.

Por fim, o apoio para conectar empresas parceiras para ajudar a instituição e na criação de eventos para melhorias institucionais e acadêmicas, o setor de projetos se responsabilizará, tendo bastante voz ativa, com a participação da Diretora Operacional do projeto “TrazFavela”. “Espero do núcleo o comprometimento de todos os envolvidos e que consigam auxiliar no que for necessário os estudantes do TE. Da mesma forma que espero que os alunos sempre cooperem no que for necessário para ajudar o departamento.”, citou.

Contato: departamentoestudantil@teatroescola.org